sábado, 31 de dezembro de 2011

E La Nave va


Não, não vou falar da obra-prima de Felini. Não dessa vez. Infelizmente, nunca assisti a fita (como minha avó de 100 anos chama os filmes). Vou falar da barca que passou chamada 2011, que encerrou a primeira década do século XXI (que ainda está preso ao XX de alguma forma).

Lá se foram 10 anos e o mundo pouco mudou. De 2001 para cá vivemos, infelizmente, pouquíssimos avanços em todas as áreas, desde tecnológicos até sociológicos, passando por políticos e religiosos. A sensação que eu tenho é que tivemos nesses 10 anos apenas mais do mesmo, talvez um pouquinho incrementados.  Do ataque às Torres Gêmeas em Nova York à caçada e morte dos ditadores sanguinários do oriente médio, da posse de Lula à queda de  sete ministros  de Dilma, a primeira mulher Presidente do Brasil, em seu primeiro ano de mandato, da queda da indústria fonográfica a ascensão da alta-definição dos discos blu-rays (e outros formatos digitais), tudo isso passando pela crise financeira iniciada há 4 anos nos EUA e que se alastrou  pelo mundo e que agora ameaça a zona do Euro, tudo isso, se colocado na balança da história, não pesaria tanto para dizemos: Nossa! quanta coisa aconteceu nessa década! 

Não, não dá. Não, pelo menos, se acharmos que isso tudo é novidade. Mas não é. Na verdade vivemos quase um dejá vu de fatos ocorridos no primeiro quarto do século passado, condensados em  um decido deste.

Então, que venha 2012! Que o mundo, ou melhor, que a humanidade avance em direção ao século XXI, aquele em que a ficção cientifica nos brindava como sendo de paz, de avanços tecnológicos e sociais. Que em 31 de dezembro de 2012 (se  mundo não acabar!) eu possa escrever aqui – ou em qualquer outro lugar – as maravilhas que tivemos nesse ano, dentre as quais, eu gostaria realmente de citar (e veja bem, é um desejo apenas):

1 – a saída da crise na Europa, que os mercados se solidifiquem novamente, que os trabalhadores não precisem ser sacrificados em prol da estabilização da economia;

2 –a verdadeira cura do câncer sendo  estudada para valer, terminando com o sofrimentos de milhões;

3 – a fome sendo  erradicada do mundo, ou que pelo menos esteja em vias de ser;

4 – as obras para a Copa do Mundo em 2014 e para as Olimpíadas no Rio em 2016 caminhando bem, dentro do prazo, tornando-se um verdadeiro legado para o país e não um estorvo para os cidadãos,   principalmente no tocante à segurança e ao transporte de massa (sim, Cabral, o recado está dado! O metrô que o Rio precisa é bem mais importante do que aquele que só atenderá aos dias dos jogos);

5 – a corrupção, tanto no Brasil, quanto no mundo sendo  continuamente combatida, em todas as esferas da sociedade, de modo que os desejos acima possam ser realmente realizados.

Eu poderia ficar citando quase ad eternum aqui tudo de bom que eu gostaria de dizer sobre o ano que está batendo em nossas portas, mas vou ficar por aqui.  Tudo o que eu e você, querido leitor (ou leitora!) podemos fazer é o nosso papel. Vamos viver nossas vidas com intensidade mas com responsabilidade. E cobrar de quem devemos cobrar para que o mundo finalmente entre no século XXI e siga adiante com esmero.

PAZ!

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Tristezinhas via Amazon: fui trollado


Sim, queridos leitores, pela primeira vez em todo esse ano que passou, vou fazer um post sobre as lamúrias das compras on line. E ao invés de cair no lugar comum e execrar as lojas on line brazucas, com as quais todos acabam tendo problemas e dores-de-cabeça eventualmente, vou contar sobre os problemas que eu nunca pensei ter com essa que é a maior loja de varejo on line do mundo, presente em vários países. Estou falando da Amazon, e mais especificamente da Amazon do Reino Unido, que cometeu a trollada da década.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Belezinhas via Amazon: Superman Anthology

Eis que me chega com algum atraso uma belezinha que estava há muito fazendo falta em minha estante. A coleção do Super-homem!!! (Sim, porque Superman é coisa de gringo...). São todos os filmes desde 1978 até o de 2006, incluindo as edições estendidas dos dois primeiros filmes, além de trocentos extras. E tudo legendado em nosso querido idioma!!!

Vejam o vídeo!



Além do disco de extras, há vários outros espalhados pelos demais discos. É uma coleção que vale muito a pena, principalmente para os fãs do azulão, que ganhará outro filme ano que vem (dirigido por Zack "300" Snyder).

Em tempo: nessa coleção do Reino Unido, os nomes dos filmes estão apenas nas bordas dos discos, bem pequenininho, ao lado das especificações de fabricação do disco. Big Time Fail para a Warner de lá! Mas muito mais FAIL para a Warner daqui, que ainda não lançou essa coleção em alta-definição.

Gostou? Clica no link e garante o seu!


No Reino Unido ainda há uma linda lata do Superman em DVD, como todos os filmes também, mas infelizmente sem opções em nosso idioma.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Gato latino chutando bundas!

Quem é da minha geração tem boas lembranças dos clássicos da Sessão da Tarde. E como clássicos não me refiro apenas àqueles dos anos 1980 que chegaram a tal global sessão de cinema vespertino na década seguinte, como DE VOLTA PARA O FUTURO, OS GOONIES ou CURTINDO A VIDA ADOIDADO. Falo principalmente dos clássicos das décadas de 1950 e 1960, que traziam as aventuras do jovem Elvis Presley no Havaí, ou de sete irmãos broncos a procura de sete noivas formosas, ou ainda de um velho sábio chinês dono de um estranho circo no velho oeste.  Algumas dessas fitas (como diria minha avó de 100 anos) mostravam as aventuras de um herói mascarado que lutava contra os poderosos e opressores no México do século XIX. Sim, estou falando do Zorro, que, além de filmes, teve também um seriado na TV (e não falo do falso Zorro, o tal Cavaleiro Solitário que, paradoxalmente, tinha a companhia do índio Tonto). E é com esse Zorro (personagem, aliás, que Antonio Banderas interpretou duas vezes no cinema em filmes duvidosos) que o Gato de Botas (dublado originalmente por Banderas) se parece. 

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Belezinhas via Amazon: OS GOONIES Gift Set

Dando continuidade às belezinhas que chegam aqui em casa vindas das Amazons mundo afora, apresento hoje o Gift Set lindíssimo de um dos filmes mais queridos de muita gente: OS GOONIES! Confiram o vídeo:



Como prometido no vídeo, eis aqui algumas fotos da edição, que vem com um joguinho de tabuleiro (mais anos 1980 impossível!):

tudo o que vem no gift set

O jogo!


Gostou? Pede pro Papai Noel clicar no link abaixo! Legendas PT-BR garantidas!!!

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Decadência de um (des)governo. Ou não...

Cada povo tem o governo que merece, diz o ditado que, aliás, eu já usei aqui em outros posts. Mas sem medo de soar repetitivo, infelizmente tenho que lançar mão novamente desse bordão.

Não é possível que após o acidente com a Barca da travessia Rio-Niterói, na Praça XV, no final de novembro, o (des)governo do estado venha anunciar que vai arcar com os custos do aluguel de algumas embarcações e a compra de novas e mais modernas (?) que chegariam lá pelo final de 2014, e que ainda autorizou o aumento da tarifa em mais de 60% e ainda vai subsidiar esse aumento, cabendo a feliz população de usuários “apenas” um aumento de 10% no valor do bilhete. Detalhe: a Barcas S.A. deveria por contrato arcar com tudo isso sozinha, mas, coitada, está no vermelho, sabe-se lá como (afinal, mais de 90 mil pessoas por dia usa seus serviços). Fora isso, o governo ainda autorizou a venda da companhia Barcas S.A., concessionária  que tem o monopólio da travessia aquática, a CCR, empresa concessionária da Ponte Rio-Niterói. Onde está o povo do Rio de Janeiro que NÃO FAZ NADA?!

Semana passada, a cidade literalmente PAROU porque um ônibus (vazio, graças a Deus) pegou fogo num túnel da Linha Amarela, via expressa privatizada que liga a Barra da  Tijuca à zona norte da cidade. Assim como no acidente da Barca, a empresa responsável demorou horrores para agir e o caos já fora formado. Além disso ficou visível a falta de um plano de contingência da concessionária para casos como esse, e pior: falta de preparo da cidade, que não tem outras vias de escape para liberar o fluxo e evitar o caos quê se formou.  Sem querer dar ideia ao nosso prefeitinho, mas já prevejo uma autorização no aumento do (caro) pedágio da via para justificar melhorias e obras que deveriam ser de TOTAL responsabilidade da empresa que a administra – e ainda corre-se o risco do município subsidiar tal aumento para “poupar” os usuários, tadinhos...

Não sei não... já imagino uma tragédia iminente no metrô para que se justifique mais um aumento da passagem, que é a mais cara do Brasil e uma das mais caras do mundo, em relação a ridícula extensão do sistema.

Falando em metrô, nosso querido (des)governador e seu incólume secretário de transportes, Julio Lopes, já deixaram bem claro que vão fazer o que quiserem e o sonho de uma malha metroviária que atenderia com esmero a população carioca e fluminense ficará se não extinta cada vez mais distante. A Linha 4, que ligará a Barra da Tijuca ao Centro, será mesmo uma extensão da Linha 1. A estação Gávea, se é que vai ser construída, não será em dois níveis e os trens que vieram da Barra entrarão nos trilhos da Linha 1 em Ipanema, ou seja, será apenas um LINHÃO mesmo. Já fizeram seu teste para virar sardinha?

Lembram do bonde de Santa Tereza? Culparam o motorneiro falecido no acidente, desativaram o sistema e ficou tudo por isso mesmo. Pelo menos não houve aumento na tarifa...

E o povo caindo na ladainha de UPPs e UPAs, como se apenas isso fosse a salvação para o estado. Lastimável...

 ___________________________

LEIA TAMBÉM:

» O metrô que o Rio precisa - DE VERDADE!
» Manual prático para construir um país idiota
» Descaso assumido
 

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

HOJE VAI TER UMA FESTA! UM ANO DO BLOG!


Hoje estou muito feliz! Há exatos 365 dias eu postava meu primeiro post neste blog, que foi criado a partir do incentivo de várias colegas de trabalho (que coincidentemente não têm dado as caras por aqui...). Foi bom ter criado um espaço para chamar de meu nessa blogsfera, onde eu posso falar o que der na telha, sobre qualquer assunto que me interessa (afinal, esse não é um blog temático, embora possa parecer com tantos posts sobre cinema, Blu-Ray e DVD...).

De qualquer maneira, gostaria de agradecer a cada um de meus 17 seguidores (sic) e eventuais leitores, que por algum motivo cairam aqui, a atenção dispensada. Mesmo que não tenham feito qualquer comentário, só o fato deu saber que chegaram até aqui para ler o que escrevo é um alento (está longe do ideal, mas a média tem sido de 2000 visualizações por mês, o que para um blog de um mero desconhecido, acredito ser pelo menos razoável).

A todos então meu muito obrigado e votos de que voltem e tragam mais pessoas para que daqui a um ano eu possa agradecer a bem mais pessoas!

Fiquem com Deus! Paz!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Fique rico ou se fruste tentando

Não é de hoje que a humanidade busca prosperar, principalmente no que diz respeito à economia. Com o advento do mercantilismo e posteriormente a revolução industrial e o capitalismo, isso se tornou uma regra a ser seguida por todos; afinal, ninguém que passar necessidades. Claro que o capitalismo selvagem do século XX - que, aliás, culminou com uma crise tremenda na década de 1930, sendo um dos fatores essenciais para a eclosão da II  Guerra Mundial, e outra crise mais ressente já na primeira década do século XXI, cujos reflexos sentimos até hoje e está longe de terminar – vem imperando e é a causa de toda a miséria em que boa parte da população mundial ainda se encontra.

A busca pela riqueza é tamanha que superou a busca intrínseca da humanidade pela felicidade, chegando no mínimo a ser confundida com ela, ou seja, riqueza traz felicidade. Bem, sem querer parecer hipócrita, vou logo dizer: sim, dinheiro traz felicidade. Ou pelo menos traz algo muito bem disfarçado de felicidade. Não falo somente por bens de consumo, “iates, carros, mulheres, mansões...  cem mil dólares!” (PICA-PAU feelings...)... Falo principalmente de segurança financeira, ou seja, não se preocupar com a falta do dinheiro, mas sim em como gastá-lo de maneira sensata.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Belezinhas via Amazon: A NOVIÇA REBELDE (GIFT SET)

Dando continuidade a seção que mais faz sucesso no blog, mostro agora para vocês o Gift Set de THE SOUND OF MUSIC, a.k.a. "A Noviça Rebelde".







No BD, o filme e os extras são todos legendados (sendo o filme ainda dublado também, aliás, a clássica dublagem da TV, aliada a uma remixagem que garantiu um soround 5.1 competente). O DVD que acompanha não tem legendas nem dublagem, o que é uma pena. A imagem do filme é seu ponto alto, posso garantir; foi feita uma restauração magnífica que preserva o aspecto original de 2.35:1. É de encher os olhos!

Gostou? Na Amazon tem, tanto o Gift Set quanto o Combo BD + DVD:


Você poderia se interessar também por:

BELEZINHAS VIA AMAZON: GONE WITH THE WIND E TAXI DRIVER
Ocorreu um erro neste gadget