quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Descaso assumido

foto de Alba Valéria Mendonça / O Globo
E mais uma tragédia envolvendo os meios de transportes públicos no Estado do Rio de Janeiro aconteceu. Desta vez, com os centenários bondes de Santa Tereza, retratados até no filme "RIO", com muita poesia.

Sobre o acidente, ocorrido há 4 dias e que matou cinco pessoas e deixou dezenas  feridas, algumas em estado grave, somente agora o (des) Governador do estado se pronunciou, nomeando mais um de seu clubinho como "interventor" dos bondes, o deputado Rogério Onofre, que já pronuncio-se com a idéia de privatizar ou municipalizar o serviço (ou seja: empurrou pra baixo do tapete).

Já o outro membro do clubinho do Cabral, o deputado Julio Lopes, mais conhecido como SECRETÁRIO DE TRANSPORTES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, lavou as mãos com esse pronunciamento:

"De fato o que acontecia é um processo que tínhamos muitas prioridades no governo e não se fizeram os investimentos no bonde no montante que era necessário. Nós investimos recursos significativos, mas não no montante que se poderá investir agora em função dessa trágica ocorrência. O que estou dizendo é que os investimentos que foram feitos precisam ser muito ampliados(...) O que foi investido foram R$ 14 milhões, que foi um valor significativo, porque ninguém podia imaginar que uma tragédia pudesse acontecer".

É, pelo visto o mesmo será dito quando uma tragédia semelhante ou pior acontecer no Metro, nas barcas ou nos trens... Oh, wait! (Não entendeu? Clique aqui.)

Não tenho mais o que dizer. Leia mais aqui.

Em tempo, Cabral reatou com a mulher - advogada do Metro e da Supervia. Conveniente, não?!

2 comentários:

  1. Desastres com bondes, pessoas sendo feridas no Metrô do Rio, bueiros explodindo, corrupção no Detran, hospitais sem atendimento, e mais outras 1001 desgraças populares. E os políticos viajando para a Europa, promovendo festas, matando pessoas nas ruas - bêbados, participando de milícias, etc.... Esta foi a receita para início da Revolução Francesa. Um regime totalitário iria diminuir esses males. A História se repete....

    ResponderExcluir
  2. Não se esqueça que a Sra. ai também é advogada das Barcas(1001)SA. Junto com seu querido marido, são os (ir)responsáveis pelo aumento para R$4,70. E tome acidente, e tome clausula de contrato não cumprida, e tome multa.....Tenho vergonha de morar neste estado !

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget