quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Adeus 2014, já vai tarde!

Mais um ano se encerra em poucas horas. E logo em seguida mais outro começará. Um novo ciclo. Mas na verdade, parando pra pensar, é tudo a mesma coisa; amanhã será feriado, será o primeiro dia de um mês, e por ai vai. Nos resta, meros mortais, apenas a festa (mais um motivo pra festejar!!!), e a esperança de que os próximos 365 dias sejam melhores que os últimos. No meu caso, não tenho muito o que comemorar 2014 que, apesar de ter começado bem, com uma maravilhosa viagem em família pelo litoral do Rio Grande do Norte, foi se dirigindo ladeira abaixo até o dia de hoje. Pelo menos encerro com saúde.

E fora todo o cenário político-econômico nacional, que ficou na mesma e só tende a piorar, infelizmente, esse ano foi de muitas perdas na seara cultural. Tanto no Brasil quanto lá fora perdemos importantes artistas e intelectuais que só engrandeciam a nossa espécia, a nossa raça humana. Ficamos mais pobres sem eles.

Me despeço deste ano com um vídeo do canal TCM, que lembra os artistas de Hollywood que nos deixaram. Infelizmente o video não faz menção a nossos artistas e outras personalidades brasileiras, mas deixo aqui meu respeito, minha admiração e minhas saudades a José Wilker, Hugo Carvana, Eduardo Coutinho, Nelson Ned, Paulo Goulart, Jair Rodrigues e Ariano Suassuna. E, claro, não posso deixar de mencionar aquela que foi a maior perda do ano para várias gerações de fãs e admiradores: Roberto "Chesperito" Bolagnos, o Chaves.

Ocorreu um erro neste gadget