quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Descaso assumido

foto de Alba Valéria Mendonça / O Globo
E mais uma tragédia envolvendo os meios de transportes públicos no Estado do Rio de Janeiro aconteceu. Desta vez, com os centenários bondes de Santa Tereza, retratados até no filme "RIO", com muita poesia.

Sobre o acidente, ocorrido há 4 dias e que matou cinco pessoas e deixou dezenas  feridas, algumas em estado grave, somente agora o (des) Governador do estado se pronunciou, nomeando mais um de seu clubinho como "interventor" dos bondes, o deputado Rogério Onofre, que já pronuncio-se com a idéia de privatizar ou municipalizar o serviço (ou seja: empurrou pra baixo do tapete).

Já o outro membro do clubinho do Cabral, o deputado Julio Lopes, mais conhecido como SECRETÁRIO DE TRANSPORTES DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, lavou as mãos com esse pronunciamento:

"De fato o que acontecia é um processo que tínhamos muitas prioridades no governo e não se fizeram os investimentos no bonde no montante que era necessário. Nós investimos recursos significativos, mas não no montante que se poderá investir agora em função dessa trágica ocorrência. O que estou dizendo é que os investimentos que foram feitos precisam ser muito ampliados(...) O que foi investido foram R$ 14 milhões, que foi um valor significativo, porque ninguém podia imaginar que uma tragédia pudesse acontecer".

É, pelo visto o mesmo será dito quando uma tragédia semelhante ou pior acontecer no Metro, nas barcas ou nos trens... Oh, wait! (Não entendeu? Clique aqui.)

Não tenho mais o que dizer. Leia mais aqui.

Em tempo, Cabral reatou com a mulher - advogada do Metro e da Supervia. Conveniente, não?!

sábado, 27 de agosto de 2011

Belezinhas via Amazon-UK: The Pacific

No mês passado chegou para mim mais essa belezinha via Amazon do Reino Unido, e em tempo record! Acabei só tendo tempo para editar e disponibilizar o vídeo agora, então, lá vai! Com vocês, THE PACIFIC, em Blu-Ray, direto da terra da Rainha:




ou aqui:



Gostou? Leve pra casa a linda lata com opções de legendas PT-BR:

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Ao mestre, com carinho e muito “lens flare”!

Os anos 1980 volta e meia cismam de ressuscitar, seja na TV, seja na música, seja no cinema. “A década perdida”, como os economistas a chamam, foi, sem dúvida, a mais divertida. Nós, brasileiros, temos um carinho mais do que especial por ela, pois foi aí que houve a reabertura democrática após 20 anos de ferrenha ditadura militar, e foi aí  também que a cultura pop nacional estourou de vez, com o boom do B-Rock, muito bem representado por Ira, Capital Inicial, Ultrage a Rigor, Blitz, Kid Abelha e, claro, Legião Urbana e Paralamas do Sucesso. O Rock in Rio, que está prestes a dar as caras novamente por essas terras, foi o auge desse movimento que, também presente em outras mídias, como TV e Cinema, fez daquela década a mais divertida de todas. E nos EUA não foi diferente, tanto que Hollywood hoje, numa carência sem  precedentes de originalidade, está fazendo remake atrás de remake de sucessos daquela época – na maioria das vezes, desnecessários  e com qualidade duvidosa – o que faz os nostálgicos e amantes da sétima arte arrancarem os cabelos da nuca em desgosto!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

A piada do Metrô-Rio (2)


Eu pensei  muito antes de começar a escrever esse post, que a princípio seria para esculachar a crescente falta de segurança nos trens e nas estações, principalmente no horário do rush, aliado a sempre falta de educação dos usuários, infelizmente aqui representados mais por aqueles que pegam o metrô sentido zona norte para saltar na central (linhas 1 e 2, digo, 1-A) ou seguir em frente para o subúrbio. Bairrismos a parte (eu moro na zona norte!), essa falta de educação quase deixou minha filha órfã de mãe na quinta-feira passada quando minha mulher foi empurrada pela massa de dentro para fora da composição na estação Uruguaina e caiu – sim, CAIU! – no vão entre o trem e a plataforma, sendo unicamente ajudada por populares solidários e educados, jamais por agentes de segurança do metrô.  Tirando escoriações nas pernas, nada de mais grave aconteceu, não obstante isso não signifique que deixaremos de entrar com uma ação contra esta malfadada empresa prestadora de serviços no estado.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

A noite já passou - homenagem a minha avó

Hoje minha avó paterna, dona Lucia Maria Roxo Poggi de Araujo, completa 100 anos de vida. E que vida! Eis aqui uma prévia do documentário que eu estou dirigindo sobre sua vida e nossa família. Esse vídeo foi especialmente editado para ser apresentado hoje na sua festa de aniversário e coloco aqui em primeira mão.

 O vídeo foi editado por meu primo Luiz Fernando Poggi.







quarta-feira, 17 de agosto de 2011

O Rio de Janeiro continua lindo! (2)

Morar numa cidade grande tem muitas vantagens e igualmente muitas desvantagens. No Rio de Janeiro não seria diferente. Caos urbano, trânsito, estresse e violência. Mesmo com o (des)governo do Estado e da cidade garantindo que tudo está muito bem, obrigado, sabemos que não temos ainda muito o que comemorar. De qualquer maneira, a Cidade Maravilhosa não tem esse apelido a toa. Nós, cariocas, até nos acostumamos à beleza natural dessa metrópole encravada entre a montanha e o mar e chegamos a ignorar suas lindas paisagens. Mas de vez em quando, pequenos detalhes nos chamam a atenção e nós então percebemos o quanto somos abençoados por morar na cidade mais bonita do mundo!

Hoje fui brindado com um desses detalhes. Enquanto comia meu Corn Flakes Nestlé (propaganda gratuita) e tomava meu café-com-leite na varanda, esse pessoal resolver fazer uma visitinha:


Ou aqui:

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

O Primeiro Vingador domina a telona

Eu sou do tempo em que a idolatria por super-heróis ainda não era vista como americanismo exacerbado ou falta de patriotismo brasileiro, mas mesmo assim eu nunca fui muito fã de Capitão América (ou dos outros Vingadores, por assim se dizer). Talvez fosse já uma precoce crítica ao sistema imperialista do Tio Sam. Mas a bem da verdade, super heróis para mim eram aqueles da Sala de Justiça, os Super-amigos, bem representados por Super-homem, Mulher Maravilha, Batman, Lanterna Verde e Aquamen. Os heróis da Marvel para mim se limitavam aos desenhos “desanimados” e a série do Homem-Aranha, que passava nas tardes da Globo. Mas como HOMEM-DE-FERRO há 3 anos abriu meus olhos para o universo Marvel (antes dele O INCRÍVEL HULK, com Edward Norton, já havia me tentado), resolvi por meu lado nerd para funcionar e fui conferir um a um todos os filmes daqueles que formam a equipe da S.H.I.E.L.D.  E eu me diverti muito com o filme do primeiro Vingador!

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

BOMBA! Uma coleção de DVDs que ficou só na promessa.

Anunciada com bela campanha na mídia impressa e também na TV e até no rádio, a Folha, em parceria com a distribuidora Versátil, colocou nas bancas uma coleção em 25 volumes semanais de clássicos do cinema europeu em DVD-books. Uma ótima opção para aqueles apreciadores da sétima arte e que gostam de algum estilo na coleção. Bem, SERIA uma ótima opção não fosse a qualidade final do produto.

Sem mais delongas, assistam aqui o vídeo que fiz sobre as minhas primeiras impressões desse lançamento:




Ou aqui:




terça-feira, 2 de agosto de 2011

Blu-Ray: afinal, que troço é esse?!

Quem me conhece e me acompanha no blog e em redes sociais, sabe que sou um apreciador da sétima arte e também da oitava (TV). E por conta desse apreço, coleciono DVDs e de um ano para cá BDs (Blu-Rays), o formato em alta-definição. Por isso costumo acompanhar sites e blogs especializados. Um deles, o Blog do Jotacê (BJC), é referência nacional no que se refere a essa arte (tanto a de se produzir quanto a de se colecionar essas mídias), e hoje publicou um post BOMBA a respeito de asneiras homéricas que a Folha de São Paulo publicou sobre o formato BD, numa coluna assinada pelo senhor Ricardo Feltrin.
Ocorreu um erro neste gadget