domingo, 19 de dezembro de 2010

DOMINGO A NOITE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

Resolvi hoje assistir ALICE, de Tim Burton, um diretor que na minna humilde opinião tem seus altos e baixos. Um alto seria EDWARD, MÃOS DE TESOURA. Um baixo seria PLANETA DOS MACACOS. Eu poderia até citar outros filmes seus que a mídia teria execrado, como SWEENEY TODD e A FANTÁSTICA FÁBRICA DE CHOCOLATES, com seu Willy Wonka alla Michael Jackson. Mas eu não vi e nem quero ver esses filmes. De qualquer modo, o maior alto da carreira desse diretor foi ter lançado ao estrelato um dos maiores atores de sua geração: Johnny Depp.
O Chapeleiro não é pequenininho assim não...

E é Depp quem rouba a cena em ALICE IN WONDERLAND. Tanto que agora eu entendi porque sua foto estampava os posters de divulgação do filme, e não Alice em si.  Mesmo seu personagem ser muito pequeno no filme, toda a vez que ele entra em cena é só para ele que temos a atenção. Ainda mais que Mia Wasikowska, intérprete de Alice, é muito fraquinha, com carisma zero. Helena Boham Carter, sempre ótima, Anne Hathaway e Crispin “MacFly” Glover completam o time de feras na película.

 
Sobre o filme? Normal. Bem dirigido, como se esperava, com efeitos competentes que quase ofuscam a fraca história. Como vi na TV, não foi em 3D. Também, nem poderia ser diferente, visto que eu não consigo enxergar em 3D por conta da visão monocular. Mas assim como AVATAR, não senti falta desse efeito; prezo mais o conteúdo, o conjunto da obra. ALICE, de Tim Burton, não chega a ser um baixo em sua carreira, mas está longe de ser um alto. Vale a conferida! Mas não, não estaria em minha coleção de Blu-Ray (a não ser que alguém me dê de presente).

3 comentários:

  1. Sério? Pra você o personagem do Depp rouba a cena? Só se for pelo visual incrível. De resto, é um personagem desinteressante, sem personalidade, retraído (not in a good way). A mocinha que fez Alice é uma excelente atriz, que chamou a atenção por seu talento quando participou de uma temporada de In Treatment. Alice, no entanto, "matou" a moça ao submetê-la a uma personagem unidimensional e entediante. Só a Bonhan Carter realmente rouba a cena. Sua personagem, para mim é o que, junto com os efeitos e visual, valem cada centavo do ingresso.

    ResponderExcluir
  2. Helena Bonhan Carter também rouba a cena, certamente. Mas Depp tem todo o charme que lhe é comum e isso lhe angaria vários votos! A Alice é sim uma chata. Inexpressiva e acarismática.

    ResponderExcluir
  3. Oi Rafa,
    o filme da Alice me surpreendeu! Eu achei que ia ser mais um daqueles filmes bobinhos e chatinhos e até que gostei bastante da remodelagem do filme!
    Jhonny Depp arrasou em cada cena e não deixou nada a desejar como o Chapeleiro Maluco, mas o que senti falta foi a inocência da história contada por minha mãe antes de eu ir dormir qdo criança.
    Ok, aí ia virar um filme bobinho e chato... concordo!
    Mas pela interpretação do JD, vale apena vc perder o "medo" do Michael Jackson e assistir a "Fantástica fábrica de chocolates". Acho que vc vai se surpreender com o filme e com a interpretação excepcional do JD.

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget