terça-feira, 16 de outubro de 2012

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2012

Foi realizado na noite de ontem, no constrangedoramente vazio Theatro Municipal do Rio de Janeiro, mais uma edição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, láurea da Academia Brasileira de Artes Cinematográficas dada aos que se destacaram na sétima arte no ano passado (leia-se: de julho de 2011 a julho de 2012). Num período de poucos filmes que realmente valiam a pena ser assistidos, e consequentemente premiados ou sequer indicados, "O PALHAÇO", de Selton Melo sagrou-se campeão na noite com doze troféus ganhos, de um total de 13 a que estava concorrendo. O mestre Cacá Diegues  (Bye Bye Brasil, Chica da Silva, Deus é Brasileiro), foi o homenageado da noite.

Selton Melo recebe o prêmio de melhor diretor por "O Palhaço". / Foto de "O Globo".


Eis a lista de vencedores:

Melhor Roteiro Original: MARCELO VINDICATTO e SELTON MELLO por O Palhaço

Melhor Roteiro Adaptado: ANTONIA PELLEGRINO, HOMERO OLIVETTO e JOSÉ CARVALHO por Bruna Surfistinha. Adaptado da obra "O Doce Veneno do Escorpião" de Bruna Surfistinha

Melhor Figurino: KIKA LOPES por O Palhaço

Melhor Maquiagem: MARLENE MOURA e RUBENS LIBÓRIO por O Palhaço

Melhor Direção de Arte: CLAUDIO AMARAL PEIXOTO por O Palhaço

Melhor Trilha Sonora Original: PLÍNIO PROFETA por O Palhaço

Melhor Trilha Sonora: VLADIMIR CARVALHO por Rock Brasília

Melhor Som: JORGE SALDANHA, MIRIAM BIDERMAN, RICARDO REIS e RODRIGO NORONHA por O Homem do Futuro

Melhor Longa-Metragem Estrangeiro: MEIA NOITE EM PARIS (EUA / Espanha) - dirigido por Woody Allen. Distribuição: Paris Filmes

Melhor Curta-Metragem de Ficção: PRA EU DORMIR TRANQUILO dirigido por Juliana Rojas

Melhor Curta-Metragem Documentário: A VERDADEIRA HISTÓRIA DA BAILARINA DE VERMELHO dirigido por Alessandra Colassanti e Samir Abujamra

Melhor Curta-Metragem de Animação: O CÉU NO ANDAR DE BAIXO dirigido por Leonardo Cata Preta

Melhor Fotografia: ADRIAN TEIJIDO, ABC por O Palhaço

Melhor Montagem de Ficcção: MARILIA MORAES e SELTON MELLO por O Palhaço

Melhor Montagem Documentário: PEDRO KOS por Lixo Extraordinário

Melhor Efeito Visual: CLÁUDIO PERALTA por O Homem do Futuro

Melhor Atriz Coadjuvante: DRICA MORAES como Larissa por Bruna Surfistinha

Melhor Ator Coadjuvante: PAULO JOSÉ como Valdemar/Palhaço Puro Sangue por O Palhaço

Voto Popular para Melhor Longa-Metragem Estrangeiro: RIO

Voto Popular Melhor Longa-Metragem Documentário: QUEBRANDO O TABU

Voto Popular Melhor Longa-Metragem de Ficção: O PALHAÇO

Menção honrosa Longa-Metragem de Animação: BRASIL ANIMADO 3D de Mariana Caltabiano

Melhor Longa-Metragem Infantil: UMA PROFESSORA MUITO MALUQUINHA de André Alves Pinto e Cesar Rodrigues. Produção: Diler Trindade por Diler & Associados

Melhor Longa-Metragem Documentário: LIXO EXTRAORDINÁRIO de João Jardim, Karen Harley e Lucy Walker. Produção: Hank Levine por O2 Filmes e Angus Aynsley por Almega Projects

Melhor Ator: SELTON MELLO como Benjamim/Palhaço Pangaré por O Palhaço

Melhor Atriz: DEBORAH SECCO como Bruna Surfistinha por Bruna Surfistinha

Melhor Diretor: SELTON MELLO por O Palhaço

Melhor Longa-Metragem de Ficção: O PALHAÇO de Selton Mello. Produção: Vania Catani por Bananeira Filmes

É isso ai. Até o ano que vem. E que ele nos proporcione mais  melhores filmes.

2 comentários:

  1. VAZIO!!! Como um evento desses no RJ fica vazio? Não entendo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, vergonha alheia total! Se nem a classe artística prestigia o evento, que é expressão máxima da sétima arte nacional, que dirá do povo?!

      Excluir

Ocorreu um erro neste gadget