terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

ENROLADOS FOMOS NÓS (mas o filme é ótimo!)


A Disney chega ao seu 50º filme com estilo ao escolher uma princesa (quem mais?) para protagonizá-lo e lança mão da computação gráfica para tal, o que pode surpreender  muitos após ter voltado com certo glamour ao 2D tradicional com A PRINCESA E O SAPO, de 2009. O fato é que a história de Rapunzel e seus longos e dourados cabelos há muito era visada pelos estúdios do Mickey e seus fãs mundo a fora.


O enredo, assinado por Dan Fogelman (Bolt, Carros) livremente inspirado na história dos irmãos Grimm, é dirigido por Byron Howard  e Nathan Greno e nos apresenta uma Rapunzel moderna e decidida, não obstante ainda carente e ultra-dependente da mãe adotiva (a malvada Gothel, que a seqüestrou ainda bebê por conta do poder rejuvenecedor e curativo de suas loiras madeixas). As cenas em que ela comemora sua saída para o mundo, alternadas por cenas em que ela chora horrores se sentindo a pior pessoa da face da Terra por ter desobedecido e até traído a confiança da “mãe” , são de chorar de rir e refletem bem a angústia da adolescente, que quer liberdade, mas não quer perder os pais. A fotografia do filme é sublime, e tem seu ponto alto na cena das lanternas voadoras que envolvem o casal protagonista numa dança que remete (opinião minha, hein!) a cena do barco no laguinho de A PEQUENA SEREIA. Um contra do filme é a narração, totalmente desnecessária, que acredito, só está ali para aproximar mais a fita do público masculino (leia-se meninos).

Com personagens para lá de carismáticos, que vão desde o camaleão que acompanha a heroina até o cavalo Maximus, passando por bandidos cantores, ENROLADOS não é nem de longe, claro, a melhor animação da Disney, mas é maravilhoso e já um clássico nato e merece ser visto e revisto. Para nós, brasileiros, fica o sacrifício de vê-lo e revê-lo com a voz irritante de Luciano Huck dublando o ladrão-galã Flyn, que todos sabem de ante-mão acabará casando com a princesa e vivendo feliz para sempre a seu lado (isso não é spoiler, é Disney Facts).

Aliás, gostaria de propor uma campanha aqui: DISNEY, POR FAVOR, REDUBLE O FILME PARA O SEUS LANÇAMENTOS EM DVD E BLU-RAY! Como dublador, o marido de Angélica é um excelente apresentador.

Confiram o trailer original com uma BOA DUBLAGEM! O que teria acontecido?!?!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget